Adm. do Blog: Christine Marie - Nayarin

COMUNICO A TODOS QUE OS TEXTOS, VÍDEOS, CHARGES... DESTE BLOG ESTÃO SENDO POSTADOS DIRETAMENTE NA PÁGINA DIVINA LEELA

Visite e acompanhe também:


quinta-feira, 8 de março de 2012

Depoimento - Jeff F♥oster



"Uma das minhas coisas favoritas a se fazer é sentar com meu idoso pai que tem Alzheimer. É uma coisa maravilhosa apenas sentar-se no lugar do profundo não-saber com ele, um lugar onde eu não sei o que dizer ou fazer. Sento-me, sem expectativa, sem tentar "consertar" ele, ou manipular sua experiência de nenhuma forma. Eu apenas ouço, sem tentar fazer as coisas ficarem melhores no momento, sem jogar o papel de 'quem sabe'. Como consciência, eu estou simplesmente à sua disposição. Eu não preciso de "saber" nada neste lugar, pois somos um ao outro. Eu simplesmente não posso dizer quem é o único com perda de memória. E aqui, noto uma profunda aceitação de qualquer onda de frustração ou tristeza que aparece no oceano da experiência. A sua dor, a minha dor, não há diferença nenhuma. E isto me parece ser o que o verdadeiro relacionamento é em sua própria essência - encontrando, encontrando realmente no momento, sem esperança, sem futuro, sem expectativas, sem uma história. Encarando face a face com você mesmo. Ninguém encontrando ninguém. Eu amo o que Nisargadatta Maharaj diz: ". Com a dissolução do 'eu' pessoal, desaparece o sofrimento pessoal". Mas crucialmente, ele também acrescenta: "O que resta é a grande tristeza da compaixão." Sim, a ausência do 'eu' não é um distanciamento frio e neo-Advaita do mundo-rejeição, mas o tipo de intimidade mais indivisível. Obrigado, Pai, por me manter aterrado nisso."
(Jeff Foster)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Loading...

Receba as postagens deste Blog por E-mail

O nome dela é Tula (de Israel), uma das vozes mais lindas q já ouvi.

Postagens populares

Loading...

"A iluminação acontece quando acontece: não podemos ordená-la, não podemos provocá-la... ... Ela vem quando vem. O que quer que façamos pode apenas preparar-nos para recebê-la, para perceber quando ela chega, para reconhecê-la quando se manifesta." Osho

"Primeiro Seja - Relacionar-se é uma das maiores coisas da vida: é amar, compartilhar. Para amar é preciso transbordar de amor e para compartilhar é preciso ter (amor). Quem se relaciona respeita e não possui. A liberdade do outro não é invadida, ele permanece independente. Possuir é destruir todas as possibilidades de se relacionar. Relacionar é um processo. Relacionamento é diferente de relacionar-se: é completo, fixo, morto. Antes devemos nos relacionar conosco mesmos e escutar o coração para a vida ir além do intelecto, da lógica, da dialética e das discriminações. É bom evitar substantivos e enfatizar os verbos. A vida é feita de verbos: amar, cantar, dançar, relacionar, viver." Osho

Perfil no Orkut

Comunidade no Facebook

Comunidade no Facebook
Além dos Conceitos e Palavras

Meu Twitter