Adm. do Blog: Christine Marie - Nayarin

COMUNICO A TODOS QUE OS TEXTOS, VÍDEOS, CHARGES... DESTE BLOG ESTÃO SENDO POSTADOS DIRETAMENTE NA PÁGINA DIVINA LEELA

Visite e acompanhe também:


quinta-feira, 28 de outubro de 2010

"Ausência da presença da ausência" - NISARGADATTA M.


Diz Nisargadatta Maharaj
Em termos simples e diretos:
O que você era antes de adquirir o corpo?
Volte para a origem; permaneça tranquilo, e então
O buscador desaparecerá e
Na busca se fundirá.
Não mais consciente da Consciência, em
Totalidade, em unicidade, sem dualidade Eu sou
Com penetração e intuição, com
profunda convicção, fácil de apreender,
Isto-Que-É está além dos limites do intelecto.
Só a objetiva e a fenomênica –
presença ou ausência – o Intelecto poderá compreender.
Mas o que-Eu-sou não é presença nem ausência;
Ausência da presença da presença,
Ausência da presença da ausência,
É o que-Eu-sou.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Natural é bonito - OSHO


Hoje eu fui informado que bilhões de dólares são gastos em cirurgias plásticas apenas nos Estados Unidos. Quase meio milhão de pessoas, todo ano, fazem cirurgia plástica.

Inicialmente a faixa etária do grupo que costumava fazer essa cirurgia era de mulheres de meia-idade — e era confinado apenas às mulheres — quando elas começavam a se sentir velhas, faziam uma plástica para continuarem jovens, atraentes, por mais alguns dias.

Mas em uma pesquisa recente foi revelado que a maior parte das pessoas que estão fazendo cirurgia plástica nos Estados Unidos são homens, não mulheres, porque agora eles querem ficar jovens durante mais um tempinho.

No fundo, eles se tornarão mais velhos, mas as suas faces mostrarão a elasticidade de um jovem. E o fato mais surpreendente na pesquisa é o de que até mesmo um jovem de 23 anos de idade fez cirurgia plástica para ficar mais jovem.

Esse país é certamente a terra dos lunáticos. Se um rapaz de 23 anos de idade acha que precisa parecer mais jovem...

É tão feio ir contra a natureza. É tão bonito estar em sintonia com a natureza e com qualquer presente que ela traga: a infância, a juventude ou a velhice. Se você aceitar e seu coração estiver aberto, tudo o que a natureza traz tem a sua própria beleza.

De acordo com a minha compreensão — e todos os sábios orientais me apoiam — o homem torna-se realmente bonito e total no ponto mais alto de sua idade, quando toda a tolice da juventude se foi; quando toda a ignorância da infância desapareceu; quando ele transcendeu todo um mundo de experiências mundanas e atingiu um ponto onde ele pode ser um observador na colina — enquanto o mundo inteiro está se movendo lá embaixo nos vales escuros e sombrios, tateando cegamente.

A ideia de permanecer continuamente jovem também é feia. O mundo inteiro deveria conscientizar-se de que forçar a si mesmo a ficar jovem simplesmente torna você mais tenso. Você nunca ficará relaxado.

E se a cirurgia plástica for bem-sucedida, tornando-se uma profissão cada vez mais difundida no mundo, você terá algo estranho acontecendo: todo mundo começará a parecer igual. Todo mundo terá o nariz do mesmo tamanho, o que será decidido pelo computador; todos terão o mesmo tipo de rosto, as mesmas feições.

Não será um mundo bonito; ele perderá toda a sua variedade, perderá todas as suas lindas diferenças. As pessoas se tornarão quase como máquinas, todas iguais, saindo de uma linha de montagem, carros Ford, um a um, igualzinho ao seu anterior — em uma hora, sessenta carros. Vinte e quatro horas por dia isso continua; o turno dos trabalhadores vai mudando, mas a linha de montagem continua a produzir os mesmos carros.

Você deseja que a humanidade também tenha linhas aerodinâmicas, montadas em uma fábrica, todos exatamente iguais, de tal modo que em todo lugar que você for encontre uma Sophia Loren? Isso seria muito enfadonho.

Todo mundo quer viver por mais tempo, mas ninguém quer tornar-se velho. Por quê? Por causa do estágio seguinte. Ninguém está realmente com medo da velhice, mas depois da velhice está a morte e nada mais.

Todo mundo gostaria de viver o máximo de tempo possível, mas nunca se tornar velho, porque tornar-se velho significa que você entrou na área da morte. No fundo, o medo de tornar-se velho é o medo da morte, e somente aqueles que não sabem como viver temem a morte.

A juventude é uma enfermidade da qual o homem se cura um pouco a cada dia. A velhice é a cura. Você passou através de todo o teste de fogo da vida, e chegou a um ponto onde você pode estar inteiramente desprendido, distante, indiferente.

Mas o Ocidente nunca entendeu a beleza da velhice. Eu posso entender, mas não posso concordar com esta ideia do Ocidente: o problema com a vida é que há tantas mulheres lindas — e tão pouco tempo. Essa é a razão de ninguém querer tornar-se velho, apenas para esticar o tempo um pouquinho mais.

Mas eu lhes digo: o problema seria ainda pior se houvesse poucas mulheres e muito tempo! Assim como está, é um mundo perfeito.

Fonte: palavrasdeosho.com

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Por que palavras?


Não se apegar às palavras.. ir além..

Parece fácil, mas nem sempre o é, porque temos o hábito de rotular as coisas, as situações e as pessoas, resumindo-as em conceitos. Conceitos estes que pegamos emprestados, por inconsciência, ignorância, imposição ou inocência mesmo.

As palavras são como pontes, onde nós podemos "ATRAVESsá-las" ou não.

Ir além pode não ser fácil, mas é perfeitamente possível.. sobretudo quando estarmos abertos.

Chris M.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Além dos conceitos e palavras - (minha nova comu no orkut) - participe :)

 Conceitue um objeto qualquer. Agora conceitue uma emoção. Agora um sentimento. E agora uma percepção.

Conseguiu?? Real MENTE conseguiu??

Conceitos são absolutos, finitos, taxativos porque idealizam ou definem algo através de palavras.

Mas, à luz da consciência, será que existe "algo" além dos conceitos.. e das palavras??

Até onde os nossos “olhos” conseguem "ver"??
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=107206736

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O caminho para o inferno - OSHO


Auto-aperfeiçoamento

Todo auto-aperfeiçoamento é um caminho para o inferno. Todos os esforços para fazer alguma coisa, algo a partir de você – algo ideal – irão criar uma loucura cada vez maior. Os ideais são a base de toda loucura, e toda a humanidade é neurótica devido a ideais demasiados.

Por não terem ideais, os animais não são neuróticos. Por não terem ideais, as árvores não são neuróticas. Elas não estão tentando se tornar algo diferente. Elas estão simplesmente desfrutando tudo o que elas são.

Você é você. Mas, em algum lugar, lá no fundo, você deseja se tornar alguém especial, um Buda ou um Jesus, e então você fica girando em um círculo que nunca termina. Perceba o ponto: você é você. E o todo, ou a existência, deseja que você seja você. É por isso que a existência o criou; se não, teria criado um modelo diferente. Ela quis que você estivesse aqui neste momento. Ela não quis que Jesus estivesse aqui em seu lugar. E a existência sabe melhor, o todo sempre sabe melhor do que a parte.

Assim, simplesmente aceite a si mesmo. Se você puder aceitar a si mesmo, aprenderá o maior segredo da vida e tudo o mais acontecerá por conta própria. Simplesmente seja você mesmo. Não há necessidade de se puxar para as alturas; não há necessidade de estar em uma altura diferente daquela em que você já está; não há necessidade de ter uma outra face. Simplesmente seja como você é, em profunda aceitação, e então acontecerá um florescimento e você se tornará cada vez mais você mesmo.

É isso que eu chamo de let-go. Let-go não é um esforço que você possa fazer. É uma compreensão de que eu sou eu e os outros são os outros, e é sem sentido tentar se tornar alguém diferente do que eu sou. Isso cria uma tensão na mente; isso cria preocupação.

Uma vez que você abandone a idéia de tornar-se alguém, não há mais tensão. De repente toda a tensão desaparece. Você está aqui, luminoso, neste momento, e nada mais resta a fazer, exceto celebrar e desfrutar.


Osho, Beloved of my Heart, # 6

Leia também

Loading...

Receba as postagens deste Blog por E-mail

O nome dela é Tula (de Israel), uma das vozes mais lindas q já ouvi.

Postagens populares

Loading...

"A iluminação acontece quando acontece: não podemos ordená-la, não podemos provocá-la... ... Ela vem quando vem. O que quer que façamos pode apenas preparar-nos para recebê-la, para perceber quando ela chega, para reconhecê-la quando se manifesta." Osho

"Primeiro Seja - Relacionar-se é uma das maiores coisas da vida: é amar, compartilhar. Para amar é preciso transbordar de amor e para compartilhar é preciso ter (amor). Quem se relaciona respeita e não possui. A liberdade do outro não é invadida, ele permanece independente. Possuir é destruir todas as possibilidades de se relacionar. Relacionar é um processo. Relacionamento é diferente de relacionar-se: é completo, fixo, morto. Antes devemos nos relacionar conosco mesmos e escutar o coração para a vida ir além do intelecto, da lógica, da dialética e das discriminações. É bom evitar substantivos e enfatizar os verbos. A vida é feita de verbos: amar, cantar, dançar, relacionar, viver." Osho

Perfil no Orkut

Comunidade no Facebook

Comunidade no Facebook
Além dos Conceitos e Palavras

Meu Twitter